Brasileiros estão mais otimistas em relação a emprego e à renda

03/02/2020


Constatação é da primeira Pesquisa CNT de Opinião de 2020, em parceria com o Instituto MDA

Os brasileiros estão mais otimistas neste início de ano em relação a emprego e renda. A primeira Pesquisa CNT de Opinião, realizada em parceria com o Instituto MDA e divulgada nesta quarta-feira (22), mede a expectativa da população sobre essas áreas para os próximos seis meses. Na comparação com a edição de agosto de 2019, houve melhora no otimismo em relação a esses temas.

O maior aumento de otimismo é quanto ao emprego. Na entrevista feita entre 15 e 18 de janeiro de 2020, 43,2% dos entrevistados afirmaram que a situação do emprego no país vai melhorar nos próximos seis meses. Na edição anterior, esse percentual era de 36,6%. Em relação à renda mensal, a expectativa de melhora subiu de 28,3% para 34,3%.

O brasileiro também está otimista em relação a outras questões importantes para a sociedade. Ao serem questionados sobre educação, 36,0% acreditam que vai melhorar. O índice de 2019 era de 30,8%. Sobre saúde e segurança pública, não foram verificadas variações significativas em relação ao último levantamento. Para 30,5% dos entrevistados, a saúde vai melhorar, e, para 37,9%, a segurança pública apresentará melhora nos próximos seis meses. Esses índices, no ano passado, foram, respectivamente, de 31,3% e 37,8%.

Governo se destaca no combate à corrupção

De acordo com a Pesquisa CNT de Opinião, 30,1% dos brasileiros consideram o combate à corrupção como a área com o melhor desempenho do governo do presidente Jair Bolsonaro. Na sequência, aparecem economia (22,1%), segurança (22,0%), reformas (9,2%) e infraestrutura de transportes (rodovias, ferrovias, aeroportos, portos etc.), com 7,4%. Na avaliação dos entrevistados, as áreas de saúde, educação e meio ambiente são as piores no desempenho do governo, com 36,1%, 22,9% e 18,5%, respectivamente.

Fonte: CNT